terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ahhhh!


Parei para pensar em como a natureza é generosa. Fechei os olhos, e abri novamente. Não apenas olhei, mas admirei tudo que me rodeia. Começando pelos próprios olhos. Enxergue-se diante do espelho, não apenas sua roupa e como o seu cabelo talvez precise de uma escova, mas olhe para si mesmo. As bolinhas mágicas e coloridas que temos no rosto, as janelas da alma. Abra-as. De verdade. (...) Tem gente que diz que nada de bom acontece no seu dia, mas eu acredito que isso tudo seja uma questão de perspectiva. Abra os olhos: você pode ver. Levante-se, e você pode andar. Respire fundo e sinta o corpo todo funcionando e, amém, seu corpo funciona. Beba um copo d'água e você pode sentir o sabor. Vá até a rua e olhe para cima. Olhe para o céu. As nuvens, os pássaros, o sol e até uma borboleta intrometida na paisagem. Encontre uma amiga, e você presenciará muitas coisas boas em um só dia: você a vê, ouve, toca, pode falar e ainda por cima, é capaz de amar. Inclusive de se emocionar. E vai dizer que nada de bom acontece no seu dia?

Ser feliz não é questão de ter o melhor namorado da cidade (ou talvez de ter qualquer namorado que seja), nem de ter a maior conta bancária, nem se trata de ter o histórico amoroso mais invejável deste lado do oceano. Ser feliz é uma questão, pura e simplesmente, de ponto de vista. É saber valorizar cada pequeno milagre que acontece, diariamente, na sua vida. É poder andar, é poder respirar, é poder abrir verdadeiramente os olhos. É nunca perder a capacidade de se emocionar. Ser feliz não é ter tudo dando certo o tempo inteiro. Ser feliz é compreender cada uma das dificuldades e apreciar o quanto cada uma delas nos faz crescer. É entender que, para ser feliz, não se precisa estar sempre gargalhando. Meu coração ri à toa, mas o meu sorriso eu conservo para quem realmente o mereça. Felicidade é saber admirar. É aprender a valorizar. Felicidade é, na sua essência, o amor. Em qualquer forma que seja. Por qualquer predicado. É saber amar, é saber deixar alguém te amar.
Mesmo que esse alguém seja o sol que, de longe, o beija e aquece.
Basta você querer.
Porque ele, ele está sempre lá.
Ah, o amor...

*

"Love, la la love, makes the world go round."

Um comentário:

  1. Júlia Salomão Dias6 de outubro de 2009 09:58

    lindo toothy ;~)
    e sim.. fez meu dia mais feliz como tu sempre faz e que bom que hoje vamos nos ver!
    até lá ;)

    uhhhh.. you make me live!
    queen- you're my best friend

    Júlia Salomão Dias

    ResponderExcluir